SÓ A VERDADE NOS LIBERTARÁ

"Somos anjos perdidos. Asas mortas no chão desde a primeira audição da palavra impossível" F. Rocha

Textos

Os jogos tiveram início.
Na madrugada vorz, corpos são lançados na arena vermelha, coberta com o sangue de inocentes.
Bestas feras saem das jaulas com o intuíto de devorarem suas presas.
Mais de 3.000 anos se passaram.
Hoje, a arena é a vida mundana.
Políticos sem escrúpulos roubam diariamente osa sonhos de milhões de almas.
Espectro da solidão e desânimo.
Sem respeito ao semelhante, à vida.
Que vida?
Espremida em composições megalíticas, que levam ao trabalho, muitas vezes escravos dos impostos que não conseguem pagar.
O sol se põe na seara da vida.
A esperanã renasce em cada amanhecer.
E com ela  vem a certeza de novas conquistas e liberdade.

 
Mendes Neto
Enviado por Mendes Neto em 01/11/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras